10 pontos-chave para entender a cloroquina e a hidroxicloroquina

Com Bolsonaro fazendo propaganda do remédio, o ‘Nexo’ traz perguntas e respostas acerca de seu uso na pandemia

    Diagnosticado com a covid-19, Jair Bolsonaro afirmou na terça-feira (7) ter começado a tratar a doença causada pelo novo coronavírus com hidroxocloroquina, um derivado da cloroquina. Desde o início da pandemia, o presidente faz propaganda do remédio. Abaixo, o Nexo traz dez perguntas e respostas sobre as substâncias e seus efeitos, baseado nas evidências científicas disponíveis.

    O que é a cloroquina, e qual sua diferença para a hidroxicloroquina?

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.