Como o k-pop se mobiliza pelo Black Lives Matter

Artistas e fãs do pop coreano sabotam hashtags racistas e arrecadam dinheiro para movimento negro americano

    O k-pop se tornou um aliado inesperado do movimento Black Lives Matter. Conhecido por popstars bem comportados e sucesso de impacto planetário, o pop sul-coreano e seus fãs vêm exercendo seu poder de mobilização nas rede sociais para a causa antirracista.

    O movimento que denuncia a violência policial contra pessoas negras voltou a ser destaque com o assassinato de George Floyd, um homem negro, por um policial branco em Minneapolis, nos Estados Unidos, em 25 de maio.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.