A ‘boiada’ que foi passada na pandemia. E a sua repercussão

Ministro do Meio Ambiente disse em reunião que atenção dedicada à crise sanitária é oportunidade para flexibilizar regras. Desde março, área fez mudanças de regras, muitas das quais foram contestadas judicialmente

    Entre as declarações da reunião ministerial de 22 de abril, ganharam destaque as falas de Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente. Gravada em vídeo, o encontro foi tornado público exatamente um mês depois pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello, relator do inquérito que investiga suspeitas de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

    Salles classificou a pandemia como uma “oportunidade” para avançar com “reformas infralegais de desregulamentação, simplificação” pois, segundo ele, a imprensa estaria focada em notícias relacionadas ao novo coronavírus.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.