Como Trump afeta Bolsonaro ao proibir a entrada de brasileiros

Medida é recíproca e tem caráter sanitário, mas traz consequências negativas para um presidente que tenta mostrar alinhamento total com a Casa Branca e que nega a gravidade da pandemia

    O presidente americano, Donald Trump, decretou no domingo (24) a proibição da entrada de brasileiros nos EUA. O decreto também se aplica a todo estrangeiro que tenha passado pelo território brasileiro num intervalo de até 14 dias antes da data de tentativa de entrada nos EUA.

    A nova norma americana entra em vigor a partir de sexta-feira (29) e tem duração indeterminada, até que o presidente Trump resolva derrogar o próprio decreto. Os EUA são o país com o maior número de contaminados pela covid-19 no mundo (1,6 milhão até 25 de maio). O Brasil é o segundo (363 mil). Em número de mortos, os EUA são o primeiro e o Brasil é o sexto.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.