Como David Lynch experimenta com som e imagem neste curta

Na animação ‘Fire (Pozar)’, em parceria com o músico Marek Zebrowski, cineasta americano cria experiência que entrelaça o concreto e o abstrato

    Temas

    David Lynch, um dos mais importantes cineastas americanos, é conhecido por filmes e séries que transitam facilmente entre a realidade e uma fantasia bizarra – a ponto de obras que trazem essas características muitas vezes serem descritas como “lynchianas”.

    Na quarta-feira (20), Lynch lançou no YouTube o curta-metragem “Fire (Pozar)”, escrito, desenhado e dirigido por ele em 2015, numa parceria com o músico polonês Marek Zebrowski e o animador japonês Noriko Miyakawa. Veja abaixo:

    Assim como outras obras de Lynch, “Fire (Pozar)”, não tem uma estrutura linear, e o concreto e o abstrato se entremeiam em uma experiência que é muito mais simbólica do que concreta.

    Não é possível definir uma trama para a animação – ela começa a partir da imagem de um homem riscando um fósforo e parte para o surreal, com criaturas inomináveis surgindo na tela enquanto a música de Zebrowski avança.

    “Fire (Pozar)” está pronto desde 2015, mas nunca havia sido exibido publicamente. Naquele ano, Lynch participou de um evento na Universidade do Sul da Califórnia e falou um pouco sobre como quis fazer um experimento na produção do curta.

    “O ponto central da nossa experiência era o acordo de que eu não diria nada sobre minhas intenções e Marek interpretaria aquelas imagens do jeito dele”, afirmou.

    No mesmo evento, Zebrowski falou sobre seu processo.

    “Eu achei que era um filme muito melancólico, de certa maneira. Sem ser explícito, eu quis ilustrar musicalmente o que David estava fazendo. Por exemplo, há uma cena que parece uma tempestade e eu usei muito pizzicato”, disse, referindo-se a uma técnica na qual o músico “belisca” as cordas do instrumento – no caso, o violino.

    Lynch e Zebrowski já trabalharam juntos anteriormente. Em 2007, a dupla lançou o disco de músicas instrumentais “Polish Night Music” ("Música polonesa noturna", em tradução livre).

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: