Como a pressão motivou o governo a adiar a prova do Enem

Exame estava previsto para novembro, mas derrotas na Câmara e no Senado forçaram Ministério da Educação a mudar de posição

    O Enem (Exame nacional do ensino médio) de 2020 será adiado pelo prazo de “30 a 60 dias” a contar da data original da prova, prevista para ocorrer inicialmente em 1º e 8 de novembro. A decisão foi divulgada na quarta-feira (20) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão do Ministério da Educação responsável pela aplicação do teste.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.