O feriado antecipado de SP. E outras ações testadas na pandemia

Projeto aprovado na Câmara Municipal muda datas para tentar manter as pessoas em casa, após rodízio ampliado não funcionar

    A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na segunda-feira (19) o projeto que antecipa feriados municipais como forma de reforçar o isolamento social em meio ao avanço do novo coronavírus. O projeto foi sancionado nesta terça-feira (19) pelo prefeito Bruno Covas (PSDB).

    O resultado é um feriadão. Para isso, o feriado de Corpus Christi (11 de junho) foi antecipado para quarta-feira (20) e o Dia da Consciência Negra (20 de novembro) acontecerá na quinta-feira (21). A sexta-feira (22) será considerada ponto facultativo, e o mega feriado acaba no domingo (24).

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.