O site que simula um passeio de carro por cidades do mundo

No projeto Drive and Listen, é possível visualizar as ruas e ouvir a rádio local de diversos lugares 

    Fazer turismo parece uma ideia terrivelmente distante em tempos de pandemia. Mesmo transitar pela própria cidade é algo que muitas pessoas já não fazem há algum tempo. Para conter a propagação do novo coronavírus, países em todo mundo recomendam, ou ordenam, que seus cidadãos fiquem em casa.

    No aplicativo para web Drive and Listen, é possível se transportar de volta para o mundo de antes da pandemia. Nele, o usuário pode escolher uma entre dezenas de cidades do mundo para fazer um passeio virtual.

    Entre os destinos disponíveis estão Nova York, Londres, Paris, Tóquio, Istambul, Déli, Moscou, Buenos Aires, São Paulo e Rio de Janeiro. Ao selecionar um local, começa um vídeo filmado de dentro de um automóvel em movimento. Se quiser, é possível acrescentar ao passeio o som de uma rádio local e o barulho da rua.

    O cotidiano na tela

    Eu sentia falta de andar pela cidade, mesmo do trânsito e da agitação da vida cotidiana, então me peguei assistindo a vídeos de Istambul [online], afirmou Erkam Seker, estudante turco e criador do projeto, ao site Lonely Planet. “Percebi que outras pessoas ao redor do mundo devem estar perdendo a mesma experiência de estar nas ruas.

    Os vídeos utilizados na plataforma vêm do YouTube, que conta com centenas de filmagens de passeios de carro realizados em cidades diversas. “Estou adicionando novas cidades quase todo dia. Pessoas de todo mundo me mandam mensagens perguntando como podem contribuir”.

    É possível percorrer uma avenida de Havana, Cuba, com um clássico dos Bee Gees na rádio; enfrentar a neve alta nas ruas de Estocolmo ao som de pop rock; transitar por ruas parisienses ao cair da tarde, com um reggae melódico batendo no alto-falante; ou, ainda, rodar pela avenida Paulista vazia ao som de sucessos da música brasileira.

    Uma das características de boa parte dos vídeos é que são trajetos por áreas muitas vezes banais das cidades, que não incluem atrações turísticas ou vias famosas — o que revela como são parecidas entre si as áreas urbanas do mundo. O vídeo de Tóquio, por exemplo, começa em uma via elevada que lembra o Minhocão paulistano. As particularidades de cada lugar aparecem em detalhes como placas, vitrines, anúncios e arquitetura.

    “Inicialmente, fiz o aplicativo para apaziguar de alguma maneira a saudade de casa, mas agora o vejo também como uma nova maneira de explorar cidades”, disse Seker. “É uma experiência incrível ver novos lugares, juntamente com algumas músicas locais no rádio, no conforto da sua casa. Também acho que isso nos ajuda a ser mais pacientes nos dias de lockdown”.

    Inúmeras experiências turísticas online tem se multiplicado na época da pandemia, incluindo visitas a museus, galerias e locais históricos. A entidade oficial de turismo da Grécia lançou um site interativo em que se pode conhecer em detalhes as diversas atrações do país, incluindo praias, belezas naturais, monumentos históricos e gastronomia.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: