A reação de generais do Planalto à imprensa e a outros Poderes

Em artigo, vice-presidente Hamilton Mourão fala em "estrago institucional" no Brasil e elenca, entre os responsáveis, jornalistas e parlamentares. Visão é recorrente entre militares do governo

    Em artigo publicado na quinta-feira (14) no jornal O Estado de S. Paulo, o vice-presidente e general da reserva Hamilton Mourão afirmou que o país vive um grave “estrago institucional, diz que há como “reverter o desastre” e elenca os motivos que, segundo ele, levaram o Brasil a essa situação. O texto foi posteriormente colocado no site do governo.

    Mourão apontou a cobertura da imprensa com um dos culpados pelo “mal causado ao Brasil” em meio à pandemia do novo coronavírus. Ao falar da polarização política, o vice disse que a imprensa “precisa rever seus procedimentos nesta calamidade que vivemos”. O general da reserva então sugere que a cobertura não demonstra credibilidade.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.