A trajetória de Roberto Jefferson, o novo aliado de Bolsonaro

Presidente do PTB, partido do centrão, ele ganhou destaque no governo Collor, revelou o mensalão do governo Lula e acabou condenado por corrupção. Hoje, reproduz o discurso armamentista presidencial e ataca o Supremo

    Jair Bolsonaro tem um novo aliado. Um aliado de arma na mão. Trata-se de Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, partido que integra o chamado centrão, grupo de parlamentares que se unem para aumentar seu poder de pressão sobre o presidente da República e angariar, em troca de seu apoio, cargos no governo e liberação de emendas.

    Ao passar a apoiar publicamente Bolsonaro, Jefferson repete uma marca de sua trajetória política, que é a adesão ao governo em curso. No Brasil de 2020, ele surge como um dirigente partidário disposto a ajudar o presidente da República a formar uma base mínima no Congresso capaz de aprovar projetos e barrar eventuais avanços de pedidos de impeachment.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.