Ir direto ao conteúdo

‘Slither.io’: a versão online do jogo da cobrinha

Desenvolvido por americano, game lançado em 2016 renova um clássico dos celulares antigos

    Temas

    Na reta final dos anos 1990 e no comecinho dos anos 2000, celulares eram basicamente aparelhos feitos para telefonar para as pessoas, sem as milhares de funcionalidades que viriam poucos anos depois com a chegada dos smartphones.

    Mesmo sem os milhões de aplicativos, os celulares ainda traziam algumas poucas opções de entretenimento. Uma delas, que foi bem popular, era o “jogo da cobrinha”.

    No “jogo da cobrinha”, o usuário assumia o papel de uma cobra (que nada mais era do que um retângulo comprido e fino) que precisava se alimentar com comida (quadrados) espalhados no espaço da tela.

    A cada refeição, a cobra ficava mais longa, e o desafio do jogador era não colidir com os limites da tela nem com o próprio corpo do personagem, o que era cada vez mais difícil, já que a cobrinha ia ficando maior. Este vídeo, em inglês, mostra a dinâmica do jogo em um antigo aparelho da Nokia.

    Hoje em dia, o “jogo da cobrinha” virou “Slither.io”. No game, gratuito, o princípio é o mesmo: o jogador assume o papel da cobra e precisa ir encontrando comida em seu caminho, com o corpo da serpente ficando cada vez mais longo.

    A diferença é que em “Slither.io”, milhares de jogadores jogam ao mesmo tempo e tentam eliminar uns aos outros, tornando-se cada vez mais poderosos. Essa dinâmica deixa o jogo mais desafiador a cada segundo, dificultando as estratégias dos usuários, que podem mudar rapidamente caso seja encurralado por outra cobra.

    Para jogar “Slither.io” no computador, clique aqui. Na página do game, você poderá escolher um nome para seu personagem. Quando estiver dentro do jogo, os controles são feitos a partir dos movimentos do mouse.

    “Slither.io” está disponível para computador e para celulares Android e iOS. Nos smartphones, o controle da cobra é feito com o movimento dos dedos.

    A história de ‘Slither.io’

    O criador de “Slither.io” é o designer americano Steve Howse. O game foi lançado em março de 2016, já para as três plataformas no qual roda atualmente.

    Howse, que fez o jogo sem financiamento de nenhuma empresa, viu “Slither.io” crescer no boca a boca, especialmente no YouTube, quando diversos influenciadores fizeram vídeos mostrando a mecânica do game.

    Até 19 de março de 2020, era possível encontrar 3,3 milhões de vídeos de “Slither.io” na plataforma, número que demonstra que o jogo ganhou uma legião de fãs.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: