Ir direto ao conteúdo

O lançamento do PlayStation 5. E a nova geração dos games

Em evento, Sony detalhou as especificações técnicas do console, que passará a ser comercializado no fim de 2020

    Temas

    A próxima geração de videogames chegará em breve. Nesta quarta-feira (18), a Sony anunciou os primeiros detalhes sobre o PlayStation 5, seu próximo console.

    Os anúncios aconteceram numa transmissão ao vivo. Originalmente, o plano da empresa era revelar as novidades na Games Developers Conference, conferência anual para desenvolvedores que acontece em São Francisco, nos EUA. Mas, em 2020, o evento foi cancelado por causa da propagação do novo coronavírus.

    O novo videogame será a quinta geração da linha PlayStation, lançada pela empresa em 1994. A Sony ainda não anunciou uma data de lançamento para o aparelho, e o que se sabe até o momento é que o PS5 chegará às lojas no final de 2020.

    As especificações técnicas do PlayStation 5

    Um dos principais aspectos técnicos do PS5 é a presença do disco SSD. Nas versões anteriores da linha, os discos eram do tipo HD.

    Os HDs contam com componentes mecânicos dentro de si para fazer a leitura dos dados. Por outro lado, os SSDs são completamente eletrônicos, fazendo a leitura de dados de maneira mais rápida e eficiente. Nos anos recentes, os discos SSDs têm se popularizado em computadores do mundo todo.

    Segundo Mark Cerny, arquiteto líder do projeto, o SSD vai permitir que os estúdios que desenvolvem os jogos criem mundos mais detalhados e realistas sem se preocuparem com a lentidão do jogo para o usuário final, possibilitando uma maior liberdade artística.

    Quanto mais detalhes há nos ambientes e nos personagens, mais o aparelho precisa trabalhar para traduzir a informação para a tela do jogador, o que às vezes resulta em lentidão ou numa diminuição da velocidade de processamento – algo que pode resultar numa quebra de imersão. Com o SSD, a Sony espera aumentar significativamente a rapidez com que essa comunicação entre console, tela e jogador é feita.

    Na área gráfica, a Sony está apostando na tecnologia de ray tracing. Nessa tecnologia, a placa de vídeo faz cálculos de como a luz reflete em cada pequeno ponto da tela. O resultado é um visual mais realista.

    O ray tracing não é uma tecnologia nova, já tendo sido utilizada em jogos de computador. A diferença é que agora os cálculos serão feitos em tempo real, com os números mudando de acordo com a posição do jogador no mundo virtual, o que garante um resultado ainda mais preciso e realista.

    A Sony também está investindo no áudio do PS5. A meta da empresa é aumentar o senso de presença e localidade do jogador – aumentando a imersão e dando uma noção espacial do som. Isso é feito a partir do processamento do som dentro do aparelho, e a promessa de Cerny é que a tecnologia vai atingir um novo patamar.

    A Sony ainda não anunciou um preço para o PlayStation 5. Em 2013, quando o PlayStation 4 foi lançado, o preço inicial nos EUA era de US$ 399. No Brasil, o aparelho chegou por R$ 3.999. Atualmente, o valor oficial é de R$ 2.399.

    O Xbox One S, principal competidor do PlayStation 4, é vendido por cerca de R$ 1.880.

    A nova geração de videogames

    Os especialistas e a indústria de videogames separa os aparelhos por gerações. A primeira geração chegou em 1972, com a máquina “Pong”, da Atari, que trazia uma versão eletrônica do pingue-pongue.

    O PlayStation 5 se encaixa na nona geração dos games. Seu principal concorrente é o Xbox Series X, da Microsoft, que também será lançado em 2020.

    O Xbox Series X é o quarto aparelho da linha fabricado pela Microsoft. Ele foi anunciado em 2019 e tem a promessa de ser oito vezes mais potente do que o atual console da empresa, o Xbox One.

    A Microsoft ainda não anunciou uma data de lançamento para o Xbox Series X.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: