O distanciamento social como redutor de contaminações

Evitar aglomerações, trabalhar de casa, reduzir a circulação e o contato físico próximo com outras pessoas são medidas incentivadas para conter a disseminação do coronavírus

Devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus, governos e especialistas têm recomendado a adoção do distanciamento social, um esforço coletivo em reduzir o contato entre as pessoas para conter a transmissão do vírus.

No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda evitar aglomerações. Enfatiza também a importância da higiene frequente das mãos e da desinfecção de objetos e superfícies tocados constantemente, como maçanetas e celulares, já que vírus respiratórios são transmitidos pelo contato com pessoas ou objetos infectados.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.