Por que os incêndios na Austrália deram lugar a inundações

Após quase seis meses de fogo, país enfrenta fortes chuvas desde fevereiro. Sucessão de fenômenos é chamada de ‘extremos em cascata’

Após uma temporada atípica de fortes incêndios florestais que começou em setembro de 2019, a Austrália parece ter conseguido, agora em fevereiro, conter os principais focos do fogo em estados como Victoria e Nova Gales do Sul, que estavam no centro da crise ambiental.

Apesar da boa notícia, os desastres no país parecem não ter terminado. Ao mesmo tempo em que os incêndios cessaram, a Austrália passou a conviver, no início de fevereiro, com o surgimento de inundações nas mesmas áreas que vinham resistindo ao fogo até pouco tempo atrás.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.