Quais as mudanças propostas pela Câmara no novo Fundeb

Mecanismo que financia 40% da educação básica pública no país expira no final de 2020. Rodrigo Maia costura aumento dos repasses da União, enquanto ministro Abraham Weintraub fica de fora de discussão

    O Fundeb, principal mecanismo de financiamento da educação básica no país, expira no final de 2020, conforme previsto na legislação que o criou na década passada. Por isso, uma comissão especial da Câmara dos Deputados discute agora torná-lo permanente.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.