Como ficou o emprego em 2019. E o que esperar de 2020

Média anual de desocupação foi de 11,9%. Especialistas divergem quanto à avaliação do ano e às perspectivas do mercado de trabalho para o ano que começa

    O desemprego no último trimestre de 2019 foi de 11%, segundo dados divulgados na sexta-feira (31) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os números do mercado de trabalho são coletados pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), pesquisa divulgada a cada mês e que abrange um grupo representativo da população brasileira.

    O desemprego de 11% representa quedas de 0,8 ponto percentual em relação ao trimestre anterior e 0,6 ponto percentual em relação ao último trimestre de 2018. Com o balanço, a média do desemprego em 2019 ficou em 11,9%. Em 2018, essa taxa havia sido de 12,3% – a queda, portanto, foi de 0,4 ponto percentual.

    EVOLUÇÃO EM QUATRO ANOS

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.