Por que o Oscar reluta em indicar mulheres para melhor direção

Desde a primeira edição do maior prêmio da indústria cinematográfica americana, em 1929, só cinco diretoras receberam indicações. Em 2019, ano em que elas tiveram destaque de crítica e bilheteria, lista de indicados inclui apenas homens

    Temas

    A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou na segunda-feira (13) os indicados ao Oscar 2020. A cerimônia de premiação está marcada para 9 de fevereiro e, assim como em 2019, não contará com um apresentador.

    As indicações foram anunciadas pelos atores Issa Rae e John Cho em uma transmissão ao vivo. “Coringa”, dirigido por Todd Phillips, foi o filme que recebeu o maior número de indicações – 11, no total. “O irlandês”, de Martin Scorsese, “Era uma vez em... Hollywood”, de Quentin Tarantino, e "1917", de Sam Mendes, vêm logo atrás: os três receberam dez indicações.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.