Por que a Holanda não quer mais ser chamada Holanda

Países Baixos investem o equivalente a quase US$ 1 milhão em estratégia de ‘reposicionamento de marca’ para 2020

A Holanda tomou uma resolução radical no Ano Novo de 2019 para 2020: investir o equivalente a US$ 1 milhão numa campanha internacional de “reposicionamento de marca”. A marca, no caso, é o nome do país.

A partir de janeiro de 2020, o que, em português, é conhecido como “Holanda” passará a se chamar “Países Baixos”. Em inglês, a troca será de “Holland” por “Netherlands”.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.