A queda da liberdade de expressão no Brasil e no mundo, segundo este estudo

Entre 2015 e 2018, o país teve uma das maiores perdas em indicadores da área no mundo, de acordo com relatório de organização não governamental

    Entre 2015 e 2018, o Brasil teve a terceira maior queda em indicadores de liberdade de expressão dentre 161 países analisados no relatório global da organização não governamental Artigo 19, lançado na terça-feira (10). A queda no período só não foi maior do que a da Polônia e da Nicarágua.

    O relatório publicado pela organização desde 2008 tem como base o índice V-Dem (Variáveis da Democracia), feito pela Universidade de Gotemburgo, na Suécia, que reúne mais de 350 indicadores mensurados por pesquisadores ao redor do mundo e elabora métricas sobre o estado de democracias no mundo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.