Quais as medidas de Piñera para tentar conter os protestos no Chile

Presidente anuncia mudanças nas aposentadorias, na saúde e no imposto de renda dos mais ricos. Onda de manifestações persiste nas principais cidades do país

 

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou na terça-feira (22) um pacote de medidas sociais e econômicas para tentar conter os protestos que tomam as ruas do país desde o início de outubro e se intensificaram nas últimas semanas. O conjunto de ações foi anunciado em um pronunciamento de 17 minutos em que Piñera pediu desculpas à população.

“É verdade que os problemas se acumulavam há décadas e que os vários governos não foram – nem nós fomos – capazes de reconhecer essa situação em toda sua magnitude. Reconheço e peço perdão por essa falta de visão”

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.