Ir direto ao conteúdo

Este site reúne 17 mil pôsteres de filmes em alta resolução

Plataforma disponibiliza gratuitamente a imagem de cartazes de longas e séries para que sejam usados como papel de parede de celulares e computadores

    Temas
     

    Parte importante do processo de divulgação de filmes, alguns pôsteres se tornam icônicos. É o caso da imagem do padre encarando uma janela iluminada no cartaz de “O exorcista” (1973) ou o grande tubarão branco pronto para atacar no pôster de “Tubarão” (1975).

    O site Moviemania reúne cerca de 17,3 mil imagens de pôsteres de filmes e séries em alta resolução que podem ser baixados gratuitamente, em versões sem os logotipos e nomes das obras. A ideia é que as imagens sejam usadas como papel de parede em celulares e computadores – é possível escolher a resolução e o tamanho com base no aparelho usado.

    No catálogo do Moviemania estão filmes de 2019, como “Coringa” e “Star wars: A ascensão Skywalker”, mas também cartazes de clássicos como “Blade runner”, de 1982, “O enigma de outro mundo”, do mesmo ano, e “Um sonho de liberdade”, de 1994.

    Foto: Reprodução
    Um dos pôsteres de 'Coringa', de 2019
     
    Foto: Reprodução
    Pôster de 'Blade runner', de 1982
     

    Entre as séries de TV há imagens de “Stranger things”, “The flash” e “Rick and Morty”, entre outras.

    Foto: Reprodução
    Um dos pôsteres da segunda temporada da série 'Stranger things'
     

    As imagens são organizadas pelo gênero do filme ou série. O site também oferece curadorias específicas por temas ou pelo nome dos artistas que assinam os pôsteres. O download não requer nenhum tipo de cadastro.

    O homem por trás de pôsteres clássicos

    O artista americano Drew Struzan é o nome mais popular quando o assunto é a criação de pôsteres cinematográficos. O ilustrador foi responsável por criar os cartazes de filmes como “Star wars”, “Indiana Jones”, “De volta para o futuro”, “Blade runner” e “Jurassic Park”.

    Foto: Divulgação
    Pôsteres da trilogia original de 'Star wars' feitos por Drew Struzan
     

    “Eu tinha que suprir as expectativas geradas pela arte de Drew”, afirmou o cineasta Steven Spielberg no documentário “Drew: The man behind the poster”, de 2013.

    A popularidade de Struzan entre os cinéfilos é tão grande que algumas de suas artes originais foram avaliadas em US$ 300 mil.

    Struzan se aposentou oficialmente em 2008, mas fez trabalhos esporádicos para produções como a série “The walking dead” (2010) e o filme “Star wars: O despertar da força” (2015).

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!