Ir direto ao conteúdo

O banco de dados que ensina posturas de ioga

Site de associação da Califórnia traz informações que podem ajudar iniciados a executar dezenas de poses

     

    Com origem na Índia há mais de 2.000 anos, a ioga compreende um grupo de práticas espirituais, mentais e físicas que se propagaram pelo mundo todo.

    Para quem já foi orientado em aulas presenciais e já atingiu algum domínio dessas práticas, o Yoga Journal, de uma associação de professores da Califórnia, traz um extenso banco de dados digital, com imagens e instruções para executar as chamadas asanas, ou posturas, na livre tradução para o português.

    O banco de dados traz divisões por tipos de posturas (que usam os braços, exigem equilíbrio ou abrem o tórax, por exemplo), por benefícios (para combater ansiedade, asma ou melhorar a digestão) e por anatomias (que focam no joelho, na lombar ou na região pélvica, por exemplo). Há ainda um canal chamado Yogapedia com guias e instruções passo a passo sobre como mover o corpo de uma posição para outra, progredindo das mais simples para as mais complexas.

    Cada verbete da Yogopedia foi elaborado com auxílio de um profissional da área. A professora Natasha Rizopoulos, por exemplo, foi responsável por um guia de sete passos para dominar a  “chaturanga dandasana”, derivada da postura da prancha, em que o praticante fica apoiado na vertical, na ponta dos pés, com as mãos espalmadas e os braços formando um ângulo de 90º.

     

    Os benefícios à saúde trazidos pela ioga são documentados por várias pesquisas científicas. Publicado em 2014 no Jornal Internacional de Cardiologia, o artigo “Efeitos do ioga sobre fatores de riscos de doenças cardiovasculares: uma meta-análise” sistematizou as descobertas de 44 trabalhos, com 3.168 participantes no total, sobre os efeitos da prática em  fatores de risco que contribuem para doenças cardiovascolares.

    A pesquisa concluiu, por exemplo, que a prática da ioga pode contribuir para reduzir o ritmo cardíaco, reduzir a frequência respiratória, a circunferência da cintura e o nível de colesterol.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!