Ir direto ao conteúdo

O fotógrafo que dedicou a carreira a retratar gatos

Livro da Taschen reúne imagens produzidas por Walter Chandoha ao longo de mais de sete décadas de trabalho

    Temas
     

    Muito antes da era do Instagram, o fotógrafo americano Walter Chandoha (1920-2019) fez dos gatos o objeto de mais de sete décadas de trabalho. Retratou-os em preto e branco e em cores, no estúdio, nas ruas, em movimento – como um fotógrafo esportivo clicaria um atleta – e em cenas domésticas.

    Lançado em 2019 pela Taschen, editora alemã especializada em livros de arte, a obra “Walter Chandoha. Cats. Photographs 1942-2018” reúne parte da produção de Chandoha. O fotógrafo participou do início do processo de preparação do livro, mas morreu em janeiro de 2019, antes que o projeto fosse concluído.

    Foto: Reprodução/Taschen
    Fotos publicadas no livro Walter Chandoha. Cats. Photographs 1942-2018

    Para o editor Reuel Golden, da Taschen, Chandoha é a maior referência do século 20 nesse tipo de fotografia. Além do livro recém-lançado, seu arquivo pode ser explorado online na conta oficial “chandohacats” do Instagram.

     

    Do front aos felinos

    Chandoha foi fotógrafo de guerra durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Em 1949, segundo conta o livro da Taschen, quando era estudante de marketing e aspirante a fotógrafo em Nova York, encontrou um filhote de gato na neve e o levou para casa.

    Foto: Reprodução/Taschen
    Fotos publicadas no livro Walter Chandoha. Cats. Photographs 1942-2018
     

    O novo animal de estimação, ao qual deu o nome de Loco, se tornou seu modelo e inaugurou o que se tornaria o tema de sua vida. As imagens produzidas por ele estamparam a capa de mais de 300 revistas e milhares de anúncios, pôsteres, camisetas, e outros. 

    A influência de Chandoha

    Para Golden Reuel, editor da Taschen, seu legado se estende da publicidade ao mundo das artes.

    Foto: Reprodução/Taschen
    Fotos publicadas no livro Walter Chandoha. Cats. Photographs 1942-2018
     

    Chandoha foi o fotógrafo de animais de grandes campanhas da era “Mad Men” da publicidade e é autor de livros clássicos sobre como fotografar animais, aos quais o artista Andy Warhol recorreu na década de 1950 como inspiração para seu livro “25 Cats Name Sam and One Blue Pussy”.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!