Quem foi Silvina Ocampo. E por que ler seus contos

Considerada a maior contista argentina, escritora é publicada pela primeira vez no Brasil em 2019

    Temas
     

    Lançado pela Companhia das Letras em agosto de 2019, o livro de contos “A fúria” é a primeira obra da argentina Silvina Ocampo (1903-1993) a ser publicada no Brasil. 

    Ocampo foi contemporânea e conterrânea de autores publicados e lidos no Brasil, como Jorge Luis Borges, Julio Cortázar e Adolfo Bioy Casares (com quem era casada). Apesar de mesmo na Argentina ela ter recebido tardiamente a atenção do público e da crítica, os últimos anos têm registrado um movimento de resgate da sua obra. Mesmo na Argentina, ela tem sido resgatada com entusiasmo nos últimos anos.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.