O projeto que quer preservar a era de ouro da música gospel

Gênero ligado a igrejas protestantes dos Estados Unidos floresceu entre 1945 e 1975, mas estima-se que 75% do material gravado na época esteja perdido

    Temas
     

    Ligada a igrejas protestantes negras dos Estados Unidos, a música gospel é um importante pilar da música popular daquele país. Sem gospel não haveria soul, R&B, disco ou a “missa de domingo” realizada pelo rapper Kanye West no festival de Coachella, em abril de 2019.

    Para estudiosos dessa manifestação, o período entre 1945 e 1975 é considerado a “época de ouro” do gospel. Foi quando floresceu o “gospel moderno”, que incorporava “as palavras do domingo de manhã à música do sábado à noite”. Artistas essenciais do estilo se desenvolveram nessa época, como Mahalia Jackson, Sister Rosetta Tharpe e o Reverendo C. L. Franklin (ouça abaixo), pai da cantora Aretha Franklin.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.