Maia comandou reforma na Câmara. O que esperar de Alcolumbre

Para cientista política, o presidente do Senado vai pegar a reforma “amortecida” pelo chefe da Câmara. O maior desafio será lidar com as possíveis turbulências na indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada nos EUA

     

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi protagonista da aprovação da reforma da Previdência entre os deputados. Após uma crise com o presidente Jair Bolsonaro no começo do ano, o parlamentar assumiu a articulação política da proposta e garantiu sua votação em primeiro turno antes do recesso parlamentar. O texto segue agora para o Senado, e os holofotes se voltam para o presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

     

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.