Quem foi Charles Manson. E por que seus crimes ainda ecoam

Líder de seita comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em 1969. Suas ações marcaram os meses finais da década de 60

    Há 50 anos, na noite de 8 de agosto de 1969, os gritos de Sharon Tate puderam ser ouvidos na rua Cielo Drive, no norte de Beverly Hills, estado americano da Califórnia. A atriz, grávida de oito meses, e outras quatro pessoas foram assassinadas a facadas por membros da “Família Manson”, seita liderada por Charles Manson.

    No dia seguinte, a “Família Manson” foi até a rua Waverly Drive, no bairro de Los Feliz, em Los Angeles, e assassinou, também a facadas, o casal Leno e Rosemary LaBianca.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.