Ir direto ao conteúdo

Estes dados mostram que existe, sim, fome no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro negou a existência do problema e depois recuou. Pesquisas no país e nas Nações Unidas explicitam situação nacional

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (19) que não existe fome no Brasil, o que contraria dados científicos nacionais e internacionais sobre o tema.

“É um país rico para praticamente qualquer plantio. Falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira. Passa-se mal, não come bem, aí eu concordo. Agora, passar fome, não. Você não vê gente, mesmo pobre, pelas ruas com o físico esquelético como a gente vê em alguns outros países aí pelo mundo”

Jair Bolsonaro

presidente da República, em fala nesta sexta-feira (19)

Bolsonaro estava participando de um café da manhã oferecido a jornalistas estrangeiros no Palácio do Planalto. Ele respondia a uma pergunta sobre os planos do governo federal para combater a pobreza no país.

O presidente afirmou também que falar de fome “é um discurso populista, tentando ganhar simpatia popular” e que governo e Congresso precisam beneficiar empreendedores e produtores.

Mais tarde, ainda nesta sexta (19), questionado por jornalistas ao participar de um evento no Ministério da Cidadania, Bolsonaro recuou e disse: “o brasileiro come mal, alguns passam fome”.

As definições científicas para fome

Existem diferentes estados de insuficiência alimentar categorizados cientificamente. Todos eles afetam tanto o desenvolvimento das pessoas atingidas como a sociedade e a economia do país. Abaixo está a classificação feita pela FAO, órgão das Nações Unidas que trata da alimentação.

As classificações

Insegurança alimentar

Situação de quem não tem garantia de acesso a quantidades suficientes de comida saudável e nutritiva para seu desenvolvimento normal. É causada pela inexistência de comida à disposição, falta de poder aquisitivo para a compra de alimentos ou uso inadequado da comida em casa. Pode ser crônica, temporária ou transitória.

Desnutrição

Condição de absorção deficiente de nutrientes causada por repetidas doenças infecciosas.

Subnutrição

Estado de incapacidade de obter comida suficiente para atingir os níveis mínimos de energia necessários para uma vida saudável e ativa.

Fome

Sensação física desconfortável ou dolorosa, causada por consumo insuficiente de calorias. O termo é sinônimo de subnutrição crônica, ou seja, quando o estado de subnutrição é contínuo e dura mais de um ano.

A situação do Brasil, segundo os dados

A pesquisa mais recente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sobre esse tema, publicada em 2013, indicou que 7,2 milhões de brasileiros viviam naquele ano uma situação de insegurança alimentar grave. Na época, esse número correspondia a cerca de 3,6% da população do Brasil.

Também segundo o IBGE, em 2013 quase um em cada quatro brasileiros estava em algum nível de insegurança alimentar — leve, moderada ou grave.

Em seu estudo mais recente sobre a fome no mundo, publicado em 2018, as Nações Unidas indicaram que cerca de 5,2 milhões de brasileiros estavam em estado de subnutrição, no período de 2015 a 2017, por volta de 2,5% da população.

O estudo do IBGE e o das Nações Unidas medem coisas diferentes — um averigua a insegurança alimentar, o outro, a subnutrição. Portanto, não é possível compará-los nem concluir que no período entre 2013 e 2017 houve uma redução do número de brasileiros passando fome, algo que os números acima aparentam sugerir.

Desde 2014 o Brasil não está mais no Mapa da Fome feito pela FAO, a agência das Nações Unidas da área. Isso não significa que não haja pessoas passando fome, e sim que menos de 5% da população do país ingere uma quantidade diária de calorias inferior ao recomendado.

O Brasil e qualquer outro país que também esteja nesse patamar mais avançado podem voltar a figurar no Mapa da Fome, se a situação interna piorar. A FAO atualiza o levantamento anualmente, com base nos dados que cada país disponibiliza. As informações nacionais não necessariamente são levantadas todo ano. Desde que o Brasil saiu do Mapa da Fome, o IBGE não divulgou novos dados sobre o tema.

NOTA DE ESCLARECIMENTO: A versão inicial deste texto dava a entender que a FAO era responsável por fazer o levantamento de dados sobre a fome em cada país, anualmente. Na verdade, a FAO atualiza o Mapa da Fome anualmente, mas ela depende da disponibilização de dados coletados por cada país, e cada um tem uma periodicidade própria. O texto foi alterado às 18h14 do dia 22 de julho de 2019.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!