Como usar valores do outro para convencê-lo de uma ideia

Abandonar palavras de ordem e recorrer à moral de seu oponente político é a melhor maneira de fazê-lo ouvir seus argumentos, apontam estudos dos EUA

 

Imagine que você é alguém que se importa com a conservação do meio ambiente, é contra o desmatamento e está em uma discussão com uma pessoa que prioriza o crescimento da agropecuária, a partir da expansão das áreas de cultivo, a fim de que o Brasil possa produzir mais alimentos. Ambas as preocupações são legítimas e não são excludentes, mas podem levar a debates acalorados.

Como você pode convencer essa outra pessoa de que expandir o desmatamento na floresta pode trazer mais danos que benefícios? Você apela a argumentos sobre espécies vegetais raras, que devem ser protegidas? Retoma o texto constitucional, que diz que o ambiente equilibrado é direito dos brasileiros? Ou mostra como o desmatamento pode afetar o regime de chuvas, afetando a produção agropecuária?

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.