O perfil dos refugiados no Brasil, segundo este estudo

Pesquisa desenvolvida pela Cátedra Sérgio Vieira de Mello, junto com a ONU, aborda condição educacional, econômica e de integração social dos estrangeiros vivendo no país

 

Refugiados no Brasil trabalham e têm nível de escolaridade acima da média da população brasileira, mas uma minoria consegue validar o diploma para trabalhar na sua área de conhecimento no país.

É o que indica o levantamento “Perfil Socioeconômico dos Refugiados no Brasil”, divulgado na quinta-feira (30).

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.