A posição de ex-ministros do Meio Ambiente sobre o governo

Em carta aberta, oito antigos chefes da pasta, que participaram de seis administrações, criticam ‘desmonte’ de governança socioambiental e políticas construídas por décadas

     

    Ex-ministros do Meio Ambiente que atuaram entre 1992 e 2018 se reuniram na quarta-feira (8) em São Paulo para se posicionar contrariamente à atuação do governo Jair Bolsonaro na área. Segundo o grupo, mais de 30 anos de governança socioambiental brasileira estão ameaçados por uma tentativa de desmonte de políticas e de estruturas administrativas.

    Foi uma iniciativa inédita, que rendeu uma carta conjunta. “Estamos aqui porque, pela primeira vez, temos um ministro que quer desmontar o sistema”, disse Marina Silva, que comandou o Meio Ambiente no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.