O que muda com o decreto de Bolsonaro sobre multas ambientais

Em cerimônia dos 100 primeiros dias de governo, presidente põe em vigor normas que ampliam opções que convertem sanções em ações de preservação ou recuperação do meio ambiente

     

    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou na quinta-feira (11) um decreto que introduz mudanças na cobrança de multas do governo federal sobre crimes ambientais. Na prática, o texto amplia as possibilidades de converter indenizações em ações de recuperação do ambiente, por exemplo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.