Como é o novo projeto do parque Augusta em São Paulo

Após diversas negociações com construtoras, movimentos e Ministério Público, prefeitura paulistana assina escritura de posse do terreno no centro da capital paulista

 

A Prefeitura de São Paulo assinou neste sábado (6) a escritura de posse do parque Augusta, depois de décadas de disputas sobre o terreno de 24 mil metros quadrados na Consolação, no centro da capital paulista.

A transferência do terreno das construtoras Setin e Cyrela ao poder público municipal é o último passo de negociações que se arrastam desde 1970.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.