O papel do poder público quando a chuva de um mês cai em um dia

Volume de água classificado como imprevisível por autoridades é apontado como causa de mortes após deslizamentos e alagamentos. Mas eventos semelhantes ocorrem ano após ano no país

    Na noite de domingo (10) e na madrugada de segunda-feira (11), fortes chuvas atingiram a cidade de São Paulo e o ABC paulista, causando pelo menos 13 mortes por soterramento ou afogamento e deixando cinco pessoas feridas.

    Só em Ribeirão Pires, na região metropolitana, foram quatro mortos e dois feridos – houve deslizamento, queda de árvores e pontos de alagamento.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.