O que é ‘guerra cultural’. E por que a expressão está em alta

Ao ‘Nexo’, os pesquisadores Eduardo Wolf e Esther Solano comentam a origem do termo e sua popularização no país nos dias atuais

 

A vitória de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais, em outubro de 2018, colocou no centro do debate público uma série de discussões de cunho moral.

Em vários momentos durante a campanha, e também no plano de governo, o presidente prometeu combater “ideologias” que considera nefastas à sociedade.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.