As mentiras no jornalismo, segundo 2 especialistas em ética

Renato Janine Ribeiro e Eugênio Bucci comentam invenções de repórteres, como o recente escândalo na revista ‘Der Spiegel’

 

“Jornalisticamente, essas histórias não têm valor”, escreveu o editor-chefe da revista alemã Der Spiegel, Steffen Klusmann, no dia 7 de janeiro de 2019, sobre o recente escândalo envolvendo o repórter Claas Relotius, investigado por inventar histórias.

Fabricar relatos, inventar personagens ou mentir em reportagens investigativas colocam em xeque o trabalho jornalístico, que tem como prerrogativa a apuração cuidadosa dos fatos.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.