Como foi o vaivém da primeira baixa do governo Bolsonaro

Gustavo Bebianno foi demitido da Secretaria-Geral da Presidência em meio a uma profusão de recados e versões somada à crise das candidaturas laranjas do PSL

     

    Porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros anunciou oficialmente no fim da tarde desta segunda-feira (18) a demissão de Gustavo Bebianno do governo Jair Bolsonaro. É a primeira baixa do primeiro escalão da nova administração.

    Advogado e ex-coordenador de campanha de Bolsonaro, Bebianno despachava desde 1º de janeiro de 2019 no Palácio do Planalto, ocupando o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, cargo que, na prática, exerce funções de braço-direito do presidente da República.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.