A arrecadação do governo federal nesta série de gráficos

Receita de impostos e contribuições teve maior crescimento desde 2011. Queda durante a crise explica parte do problema nas contas públicas

    A arrecadação do governo federal cresceu em 2018. Foi o primeiro aumento significativo acima da inflação desde 2013. Desde aquele ano, quando a arrecadação atingiu seu pico, foram três resultados seguidos de queda e um de quase estabilidade – sempre descontando a inflação do período.

    Entre 2016 e 2017, a receita do governo cresceu 0,5% acima da inflação. Apesar do número positivo, trata-se basicamente de um cenário de estabilidade. Agora o avanço real foi bem maior, de 4,74%.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.