O atrito entre o ministro do Meio Ambiente e as ONGs

Anúncio feito por Ricardo Salles de que contratos do governo com entidades serão suspensos por 90 dias é alvo de críticas por 'violar princípios constitucionais'

     

    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, determinou na segunda-feira (14) a suspensão, por um prazo de 90 dias, de todos os convênios e parcerias firmados pela pasta com ONGs. Duramente criticado por entidades por "violar princípios constitucionais" com sua decisão, ele contemporizou na quarta-feira (16), e disse que "nenhum convênio em execução" seria suspenso.

    O ofício assinado na segunda-feira e por ora mantido também prevê a realização de um levantamento de todos os pagamentos de 2018 feitos às organizações pelos fundos vinculados ao ministério.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.