A plataforma com milhares de fotos da coleção Getty

Além de aproximadamente 112 mil itens nessa categoria, acervo permite baixar gratuitamente imagens em alta resolução de pinturas, gravuras, manuscritos e mapas, entre outros itens

    Temas
     

    Um acervo online com mais de 135 mil imagens em alta resolução para download. É o que se pode encontrar no site Getty Search Gateway (portal de busca da Getty, em tradução livre), portal que permite pesquisar nas diversas coleções e bancos de dados da J. Paul Getty Trust, instituição dedicadas às artes fundada pelo bilionário americano J. Paul Getty.

    O grosso do material são fotografias. Há mais de 112 mil itens nesta categoria, seguido de “material visual” (78 mil aproximadamente), etiqueta que abrange pinturas, gravuras e itens impressos. Há também manuscritos, mapas e imagens de esculturas, armaduras e jóias de valor histórico.

     

    Dentro as fotos, mais da metade delas são creditadas ao fotógrafo e acadêmico alemão Max Hutzel, especializado em arte e arquitetura italiana (1913-1988).

    É possível procurar itens de acordo com tópico. São dezenas de opções, como vida de Cristo, mitologia, Velho Testamento, paisagem, romance, vida no campo, entre outras. O recorte também pode ser geográfico. Há uma predominância de itens de origem europeia, totalizando mais de 9 mil.

     

    Do Brasil, pode-se localizar 194 imagens, a maior parte feita entre o século 19 e início do 20. Há dezenas de registros de Marc Ferrez, um dos mais destacados fotógrafos do Império e do início da República.

    As imagens podem ser descarregadas do site em alta resolução sem nenhum custo.

    Vale lembrar que este acervo é distinto do material oferecido pelo banco de imagens pago Getty Images, usado por veículos de imprensa de todo o mundo.

     

    J. Paul Getty construiu uma das maiores fortunas do século 20. Nascido em Minneapolis, nos EUA, em 1892, seu principal negócio era a exploração de petróleo. Getty foi pioneiro na extração do produto no Oriente Médio, tendo obtido concessão ao realizar esta atividade na Arábia Saudita em 1949.

    Em 53, Getty fundou a J. Paul Getty Trust, que controla fundação cultural, centro de pesquisa, instituto de patrimônio histórico e museu, entre outros empreendimentos com fins artísticos e culturais. O bilionário morreu em 1976, aos 83 anos.

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: