Como a ideia de ‘limpeza mental’ pode ajudar no novo ano

Distração por excesso de informação causa cansaço e confusão, diz pesquisador. Contato com a natureza e sono regular podem ajudar a ativar ‘botão de reinicialização’ do cérebro

     

    Se a quantidade de informação produzida diariamente no mundo fosse agrupada e publicada em jornais, cada habitante do planeta receberia em casa 174 edições por dia. Já o amontoado de dados que cada pessoa troca diariamente por meio de ligações de celular ou por e-mails é o equivalente ao conteúdo de seis jornais. Estamos cada vez mais soterrados por informações, e as fazemos circular num volume que cresce 28% por ano, em média, desde 1986.

    A conclusão é dos pesquisadores Martin Hilbert, da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, e de Priscila López, da Universidade Aberta da Catalunha, na Espanha. Eles são autores do estudo “A capacidade tecnológica do mundo de armazenar, comunicar e computar informações”, publicado pela revista Science em 2011.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.