Quem será o presidente da Petrobras no governo Bolsonaro

Economista Roberto Castello Branco defendeu publicamente a privatização da estatal de petróleo seis meses atrás. Agora, diz que venda não está em questão

     

    Futuro ministro da Economia, Paulo Guedes confirmou na segunda-feira (19) que Roberto Castello Branco será o presidente da Petrobras, maior estatal do país, no governo de Jair Bolsonaro.

    Castello Branco esteve próximo do presidente eleito durante a campanha e atua como consultor energético na equipe de transição. Depois da divulgação da notícia, a Petrobras informou que o atual presidente, Ivan Monteiro, fica no cargo até o dia 1º de janeiro de 2019.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.