Como a obsessão pelo corpo (também) afeta a saúde dos homens

Pesquisa associa preocupação excessiva de jovens em criar músculos a riscos maiores de depressão, uso de suplementos e esteroides e abuso de álcool

 

Um estudo recente mostra que meninos e homens jovens excessivamente preocupados em se tornar musculosos apresentam risco significativamente maior de sofrer de alguns problemas de saúde mental e comportamentos prejudiciais à saúde.

A pesquisa foi realizada por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos EUA, e da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia e publicada em setembro de 2018 no Jornal Internacional de Distúrbios Alimentares.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.