Os planos de Bolsonaro e Haddad para o meio ambiente

Tema apareceu pouco durante a campanha presidencial de 2018. Candidatos que disputam o segundo turno têm propostas antagônicas

O Brasil possui a maior reserva de biodiversidade do mundo na Amazônia, maior floresta tropical do planeta e também o maior bioma do país — ocupando metade (49,29%) do território nacional. Mesmo com essa riqueza natural, que pode ser vista também em outras regiões, o meio ambiente pouco apareceu na campanha presidencial de 2018.

O Nexo reúne abaixo o que foi proposto e o que foi dito sobre meio ambiente pelos dois candidatos que passaram ao segundo turno, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), e o que ambos falaram publicamente sobre o assunto.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.