Ir direto ao conteúdo

Esta exposição foca nas ‘pinturas ambiente’ de Brian Eno

Artista estudou tanto música experimental quanto pintura na década de 1960, mas seu lado como artista plástico é menos conhecido

    Foto: Reprodução
    Uma das obras expostas em 'Brian Eno. Ambient Paintings'
    Uma das obras expostas em 'Brian Eno. Ambient Paintings'
     

    Nascido em 1948 em Suffolk, no Reino Unido, Brian Peter George St. John le Baptiste de la Salle Eno, ou simplemente, Brian Eno, é um influente músico britânico.

    Ele estudou pintura e música experimental na década 1960 e, na década de 1970, participou da banda de glam rock Roxy Music como tecladista.

    Depois disso, partiu para uma carreira solo, marcada, no entanto, por numerosas colaborações, com nomes como David Bowie, Laurie Anderson, U2, Grace Jones e David Byrne.

    Em 1978, lançou o seu primeiro álbum de uma série chamada “Ambient”, chamado “Music for airports”. A série é um marco da chamada “ambient music”, termo guarda-chuva para músicas que enfatizam a atmosfera criada pelos sons mais do que estruturas ou ritmos tradicionais.

    Em uma entrevista de fevereiro de 2017 ao site Pitchfork, Eno explicou o conceito dessa forma:

    “A ideia central diz respeito à música como um lugar para onde você vai, não uma narrativa, não uma sequência. É baseada em expressionismo abstrato: em vez de o quadro ser uma perspectiva estruturada, em que se espera que seu olho vá em certas direções, é um campo, e você perambula sonicamente pelo campo. E é propositalmente sem personalidades, porque se houver uma personalidade lá, ela é quem você vai seguir. Então não tem ninguém nesse campo te conduzindo; você acha seu próprio caminho”

    Inaugurada no dia 22 de setembro de 2018 na Galleria Michela Rizzo, em Veneza, e com duração prevista para até 24 de novembro de 2018, a exposição “Brian Eno. Ambient paintings” joga luz sobre um desdobramento menos conhecido dessa estética: as “pinturas ambientes” de Brian Eno.

    Segundo informações do site italiano Arte, as obras são imagens produzidas pela obra 77 Million Paintings, um jogo de dois DVDs lançado em 2006 por Eno. Um dos discos contém um software que cria música aleatoriamente, assim como imagens de instalações de Eno. O título é derivado da combinação de músicas possíveis a partir do softwares.

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!