Ir direto ao conteúdo

Este museu online exibe o design de sites de 1995 até hoje

Site permite observar qual era a aparência do Google em 1998, do ICQ em 2001, ou do eBay em 2002, entre muitas outras possibilidades

    Foto: Reprodução
    Imagens de como as páginas principais de alguns sites se configuaravam em outros momentos
    Imagens de como as páginas principais de alguns sites se configuaravam em outros momentos
     

    O primeiro site de internet foi lançado no dia 6 de agosto de 1991 pelo cientista da computação britânico Tim Berners-Lee. Formado em Oxford, ele trabalhava naquela época como engenheiro de softwares do acelerador de partículas da Cern (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear) em Genebra.

    O objetivo de Berners-Lee era criar um ambiente facilmente acessível por diferentes computadores, que permitiria que os cientistas do mundo inteiro que faziam pesquisas no acelerador de partículas trocassem informações entre si.

    Com o tempo, o site se tornou uma ferramenta corriqueira para a troca de informações, que antes circulavam apenas em sistemas fechados ou em publicações, cujo acesso era mais limitado.

    Em 1996, a biblioteca digital Internet Archive foi lançada. Entre seus objetivos está documentar os milhões de sites que surgem e desaparecem rapidamente desde o surgimento da internet. A aparência desses sites é capturada por um outro serviço online, chamado Wayback Machine.

    Um terceiro site, o Web Design Museum, organiza essas informações de forma mais cuidadosa, reunindo o desenho de sites criados de 1995 até agora. Ele permite ao público geral observar qual era a aparência do Google em 1998, do ICQ em 2001, ou do eBay em 2002, entre muitas outras possibilidades. A plataforma pode ser uma boa fonte de referência para webdesigners, que podem usar ideias antigas como base para estruturar novas páginas.

     

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!