Ir direto ao conteúdo

Os sintetizadores online que permitem brincar com o instrumento

Controladas pelo teclado do computador ou pelo mouse, plataformas na internet facilitam e promovem experimentações sonoras

 

Sintetizadores são quaisquer instrumentos eletrônicos capazes de gerar sinais de áudio que podem ser convertidos em sons. Frequentemente os aparelhos são operados por meio de teclas similares às usadas em pianos, mas há outras formas de controlá-los, como é o caso de baterias eletrônicas, por exemplo.

Os primeiros aparelhos do tipo foram inventados ainda no final do século 19, mas os sintetizadores foram por várias décadas aplicados essencialmente na música experimental. Eles passaram a ser produzidos em maior escala apenas em meados do século 20, e se tornaram baratos o suficiente para atingir maior penetração na música pop apenas nas décadas de 1960 e 1970.

Atualmente, há opções gratuitas online para quem tem poucos recursos ou simplesmente quer ter rapidamente a possibilidade de experimentar com um sintetizador.

Em julho de 2018, a conta do Instagram @dark_shark, dedicada à exposição da obra do músico britânico Brian Eno, indicou um desses sintetizadores online, o websynths.com.

 

Criada pelo programador, músico e desenhista Mitch Wells, a plataforma pode ser controlada a partir das teclas dispostas do lado oposto da tela do computador. Também é possível controlar o aparelho por meio do mouse ou de um teclado MIDI, que pode ser ligado ao computador e emula as teclas de um piano.

É possível mudar a afinação ou escala do teclado, além de adicionar efeitos sonoros.

Outro site que oferece uma possibilidade parecida é o Tanguy, criado pelo desenvolvedor Luke Teaford. No caso, o aparelho é controlado a partir das teclas da fileira central do teclado. A plataforma oferece 12 tipos diferentes de configuração que alteram a sonoridade do instrumento.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!