Quem foi Sérgio Vieira de Mello. E os filmes sobre sua trajetória

O brasileiro, que foi diplomata da ONU durante 34 anos, recebe homenagens 15 anos após sua morte em um atentado terrorista em Bagdá

Na terça-feira (7), o MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo, promoveu o lançamento do livro “Sérgio Vieira de Mello: o legado de um herói brasileiro”, escrito pelo jornalista Wagner Sarmento, transformado em documentário pela ZAZ Produções. Na quinta-feira (16), o projeto foi apresentado no Palácio do Itamaraty, no centro do Rio de Janeiro.

Documentário e livro, desenvolvidos ao longo de cinco anos, narram a trajetória do diplomata carioca, morto em um atentado terrorista ao prédio da ONU em Bagdá, em 19 de agosto de 2003. Vieira de Mello era Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, posto diplomático mais alto já ocupado por um brasileiro.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.