O que dizem os projetos de Marielle Franco aprovados no Rio

No dia em que seu assassinato completou cinco meses sem ter sido esclarecido pela polícia, Câmara carioca aprovou cinco propostas da vereadora

    Com cinco meses do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco completados nesta terça-feira (14), o caso ainda não foi solucionado e nenhum suspeito foi formalmente apontado pela polícia.

    No início da semana, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, atribuiu a demora à complexidade da investigação sobre o caso que, para ele, envolve “políticos e agentes públicos”. “Isso me parece algo óbvio”, disse.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.