Por que cientistas querem regular a pesca da Marinha em reservas

Pesquisadores publicaram documento em que expressam preocupação com a extração de peixes de áreas marinhas protegidas por militares

     

    Um grupo de 27 cientistas da área marinha publicou um documento em que aponta problemas no processo de criação de reservas ambientais nas regiões da Ilha de Trindade, na latitude de Espírito Santo, e do Arquipélago de São Pedro e São Paulo, na latitude de Pernambuco, ambas no Oceano Atlântico.

    As reservas foram criadas em março de 2018. O fato de seu surgimento ter ampliado a cobertura de áreas de proteção marinha de 1% para 25% foi destacado pelo governo, além de ser motivo de comemoração entre muitos ambientalistas.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.